Buscar
  • Marcelo Rosário da Silva

OKJA

Atualizado: 22 de Jul de 2019




Já que teremos que esperar até a noite de domingo para Game of Thrones, temos uma recomendação para você se entreter antes do inverno chegar: OKJA. Um filme da Netflix que traz uma gigantesca reflexão sobre a indústria da carne.

Não vamos contar absolutamente nada da história, porque não gostamos de dar nenhum tipo de spoiler.

Depois de assistir, ou se já assistiu, reflita sobre o que você coloca no prato.

É triste precisar inventar um animal para poder sensibilizar as pessoas, já que muitos não se apegariam tanto se tivéssemos uma vaca, um porco ou uma galinha estrelando o filme.

Contudo, a mensagem é importantíssima e acreditamos que todos conseguem entender a real intenção do filme.

No Brasil, 579 Okjas são mortas por segundo. Somente no primeiro trimestre de 2017, 1.502.794.000 (um bilhão, quinhentos e dois milhões, setecentos e noventa e quatro mil) vidas foram perdidas para a indústria da carne, conforme dados do IBGE.

O número cresce ainda mais, uma vez que esses dados foram colhidos apenas dos abatedouros legalizados. Juntamente com os ilegais, a quantidade aumenta cerca de 30%!

O que um boi, uma vaca, um porco, uma galinha, um pato, um peixe tem de diferente de Okja?

O que eles têm de diferente de um cachorro ou um gato? O que eles têm de diferente de nós?

Todos somos animais e todos merecemos a vida, não importa qual seja a espécie.

Assista, reflita, aja. #BeARebel

#okja #direitodosanimais #ibge #abatedouros #netflix